Blog

Últimas Notícias

Youtube Offline? Novidade começa a ser testada no Brasil

 

Fazer streaming de vídeos no celular nem sempre é conveniente, ou mesmo possível. Às vezes você não tem conexão, e quando tem, isso gasta sua franquia de dados. Por isso, é importante oferecer a opção de baixá-los para assistir offline. A Netflix sabe disso, por exemplo — e o YouTube também.

Um botão “Salvar” está aparecendo no app do YouTube para alguns usuários no Brasil. Ao tocar nele, é possível fazer download em qualidade baixa (144p), média (360p) ou alta (720p). Você também fica sabendo quantos megabytes isso vai ocupar no seu smartphone ou tablet.

Então, basta acessar o vídeo na Biblioteca (na parte inferior da interface). Ele fica disponível para uso offline por até 48 horas. Os anúncios, se houver, são reproduzidos normalmente.

O leitor Wanderson de Souza, que obteve o recurso, diz ao Tecnoblog que baixou um vídeo e colocou o aparelho em modo avião para testar — a reprodução ocorreu sem problemas. Ele está na versão 12.45.56 do app para Android; eu também estou, mas o botão “Salvar” não aparece para mim.

Em comunicado, o Google diz: “estamos testando o YouTube Go no Brasil com uma amostra limitada. Ainda não há previsão de lançamento”.

Em 2014, o app do YouTube ganhou um modo offline, mas só na Índia. Em 2016, o Google resolveu criar um novo aplicativo do zero, chamado YouTube Go, também para os indianos: ele avisa quantos megabytes serão consumidos ao baixar, ou apenas assistir, cada vídeo; e permite compartilhá-los com usuários nas proximidades sem gastar internet.

Este ano, o YouTube Go entrou em beta público na Play Store, somente para usuários na Índia. Mas ele deve chegar a mais países em breve, pois faz parte do Android Go, versão do sistema operacional para smartphones básicos.

Outros serviços de streaming já permitem baixar vídeos para assistir offline, incluindo Netflix e Amazon Prime Video.

Caso William Wack – O que podemos aprender com isso?

Caso William Wack o que podemos aprender com isso

Imagem: https://economia.uol.com.br/blogs-e-colunas/coluna/reinaldo-polito/2017/11/10/william-waack-suspeita-racismo-conversa-gravacao.htm

 

Caso William Wack: até onde vai o poder de pulverização das redes sociais?

Se você é uma pessoa conectada às redes sociais, provavelmente ouvir falar sobre o caso Wiliam Waack. Envolvido em uma polêmica de cunho racista, o jornalista teve seu nome muito divulgado e falado nos últimos dias. Polêmicas a parte, o que viemos tratar aqui hoje é mais sobre a repercussão do caso em si.

Após seu comentário repercutir e viralizar nas redes, Waack foi afastado de seu cargo como âncora do Jornal da Globo. Além de trazer para si um afastamento, ele também acabou criando uma campanha positiva, indo de encontro ao seu comentário.

Entenda um pouco do caso

Para quem não acompanhou ou não sabe o que aconteceu, nós explicamos. O fato ocorreu quando Waack cobria as eleições dos Estados Unidos, cerca de um ano atrás. Uma gravação, feita antes do programa em que ele estava ir ao ar, mostra o jornalista falando que o barulho causado por pessoas do lado de fora seria “coisa de preto”.

O vídeo foi viralizado, repercutindo negativamente para o jornalista que, por isso, teve seu afastamento anunciado.

Mas e o que temos com isso?

Tudo! Boa parte da “culpa” dessa repercussão toda, foi pelo tanto que o vídeo e comentários a respeito viralizaram na web. Muitos pedindo a demissão do jornalista, o que acabou no resultado de seu afastamento.

Além disso, várias pessoas se manifestaram na Web criando uma hashtag positiva para divulgar o que é, de fato, “coisa de preto”.

Com isso, temos uma ideia de como as redes podem pulverizar uma notícia e, ao mesmo tempo, conseguir trazer algo positivo. Se a união faz a força, qual seria o tamanho da força de uma rede que liga não só uma cidade ou bairro, mas, sim, vários países e municípios de todo o mundo?

Nomes como Nelson Mandela, Michael Jackson, Machado de Assis, Elza Soares, Viola Davis, entre tantos outros nomes conhecidos, foram citados nessa homenagem que invadiu o Twitter na tarde de quinta-feira (9). A hashtag, inclusive, ficou entre os assuntos mais comentados (Trends Topics) da rede social do Brasil e do mundo.

Ou seja: é preciso ter cuidado!

Hoje em dia, as redes estão cada vez mais presentes no nosso dia-a-dia. É preciso ter muito cuidado com o que se fala, ainda mais quando se é uma figura pública ou empresa.

Afinal, às vezes, uma coisa que poderia ser facilmente evitada pode te prejudicar por toda uma vida.

Pense nisso!

 

Texto por: Tânia Saad | Equipe CADA Comunicação
Contato: tania.saad@cadacomunicacao.com.br

Live Dupla no Instagram: novas possibilidades!

Entenda como funciona a live dupla no instagram e como aplicá-la na sua empresa.

Foto: Instagram

Saiba como sua empresa pode se aproveitar desta live dupla e como ela funciona

O Instagram lançou essa semana um novo recurso: a live dupla. Com ela, é possível iniciar uma transmissão ao vivo e convidar um amigo ou seguidor de seu perfil para participar. Ao enviar o convite para a outra pessoa, quando ela aceita, a tela se divide em duas e a transmissão ocorre simultaneamente.

Isso vale tanto para perfil pessoal quanto para o empresarial, mas é este segundo que nos interessa aqui.

Esta opção pode ser bem divertida para as pessoas que gostariam de conversar sobre vários assuntos com seus amigos e ver opiniões e interações de outros usuários. Agora, quando falamos de empresa, quais os benefícios deste recurso? E como e onde podemos aplicá-lo?

Veja algumas opções que uma empresa poderia aproveitar desta nova ferramenta

Já pensou um evento de grande porte, onde há o lançamento de um novo produto? Com essa live dupla, você poderá utilizar da transmissão ao vivo em lugares diferentes do mesmo evento. Ou, ainda, conseguirá interagir com alguns usuários ou digital influencers sobre este lançamento, obtendo opiniões em tempo real.

Além disso, é possível fazer lives para interagir o seu público interno com o externo, como sessão de perguntas e respostas entre departamentos ou filiais.

Algumas startups já fazem vídeos apresentando seus colaboradores para o público externo, mas sem essa interação. Neles, ela conta um pouco do que ele faz e, quem sabe, até algumas curiosidades, como hobby, gostos pessoais, entre outros.

Pode ser uma oportunidade para a relação empresa x cliente se estreitar cada vez mais. Não esquecendo, claro, dos benefícios que isso pode trazer para organização, ao conhecer melhor seu público e poder refletir isso em seus produtos e serviços.

E é bem importante ter isso em mente: de nada adianta fazer ações para aproximar seu público, mas não colocar as descobertas que essas ações trouxeram em prática.

Outra forma de poder utilizar essa live dupla é convidar parceiros para esclarecer algum tipo de curiosidade. Ou pegar um responsável por uma determinada área para tirar dúvidas mais comuns que forem identificadas em algum tipo de ação ou pesquisa.

Cuidado: é preciso ter cautela!

Essa opção abre um leque de opções, mas é preciso cautela ao utilizar e, mais importante, é preciso conhecer seu público e ver se ele se interessa por esse ou aquela tipo de ação. Afinal, uma transmissão ao vivo sem expectadores ou com expectadores desinteressados, pode ser um tiro no próprio pé ou não ter o resultado desejado.

Nunca se esqueça que conhecer seu cliente é fundamental para todo e qualquer tipo de ação que se realiza em sua empresa. Seja ela de grande, médio ou pequeno porte.

Com isso em mente, basta deixar a imaginação fluir e aproveitar o que as redes têm a oferecer.


Para ler a matéria completa (em inglês) sobre a novidade, clique aqui

 

Texto por: Tânia Saad | Equipe CADA Comunicação
Contato: tania.saad@cadacomunicacao.com.br

O que faz um promotor técnico e qual sua importância?

O que faz um promotor técnico e qual sua importância?

Confira a relevância desse profissional, inclusive para indústrias que não atuam diretamente com o consumidor final.

O promotor técnico é o profissional que realiza a divulgação de produtos e serviços, especifica e orienta quanto a utilização. Além disso, elabora propostas comerciais e presta suporte técnico aos clientes.

Partes essenciais do trabalho de Trade Marketing, os promotores técnicos têm como objetivo promover e melhorar o desempenho da marca e do produto de determinada empresa. Para isso, ele precisa encontrar maneiras mais atrativas de oferecer a mercadoria ao consumidor, contribuindo para a venda do produto e deixando-o mais próximo da marca que representa.

Diferentemente de um promotor de vendas tradicional, que é o que oferece degustação ou faz reposição em mercados, o promotor técnico tem que estar totalmente por dentro de todas as informações técnicas do produto. Seja para atender diretamente um cliente ou para dar suporte ao vendedor.

Além de desempenhar essas funções, o promotor também é responsável por reportar à indústria algumas informações. Como, por exemplo, o preço e promoções promovidas pelo concorrente, o potencial de venda e pontos de melhorias, resultados de determinada campanha, entre outros. Por meio dessas informações, a indústria tem condições de tomar ações de melhorias, trocas ou ainda interromper alguma campanha. Pode aprimorar os produtos ou embalagem e auxiliar o comercial da empresa a promover mais vendas. É a melhor fonte de pesquisa de mercado, onde a atuação é imediata. O que faz com que os resultados sejam mais positivos.

No mercado B2B (business to business), o promotor técnico é essencial para que a demanda seja gerada à indústria. Um exemplo bem conhecido são os propagandistas, que atuam em consultórios médicos e farmácias para divulgar os produtos do laboratório que representam. Dessa forma, o médico e balconista começam a oferecer determinado produto aos consumidores, gerando venda para a loja (drogaria), distribuidores e própria indústria farmacêutica. Esta última, por sua vez, é quem investe neste serviço de promoção técnica. Sempre pensando em aumento de vendas.

Em vários outros segmentos, além do farmacêutico, podemos oferecer esse serviço de marketing direto com foco real no aumento de vendas. A nossa agência é especialista nesse tipo de ação e garante excelentes resultados, muito mais abrangente e focados que uma propaganda tradicional. Entre em contato conosco e confira!

A importância do site para a sua empresa

 

Hoje em dia, a internet tem se mostrado uma grande parceira dos empresários. Em especial, quando falamos de site empresarial.

Não há como negar que a internet está em expansão ainda no Brasil, porém o número de usuários aumenta a cada ano e, quando falamos de negócio, não dá pra ficar de fora dessa realidade. A internet traz novas opções para quem tem sua empresa e quer ver seu negócio crescer cada vez mais. Com ela, é possível atingir seu público muito mais rapidamente, muito mais focado e com mais assertividade do que como ocorria há alguns anos atrás.

Você não precisa bancar rios de dinheiro para trabalhar com a parte de comunicação e marketing, pois a internet mostra soluções eficazes e baratas, que dá para trabalhar mesmo com um orçamento mais baixo.

Por isso, atualmente, ter o seu site atualizado é muito importante. Da mesma forma, é bom tê-lo pronto para aparecer nas melhores posições do Google, principal site de busca utilizado.

Outra coisa que não podemos esquecer: hoje em dia, a maioria dos usuários de internet a acessam pelo celular. Então, além de tudo que já foi dito, é preciso que seu site esteja otimizado para acessar via mobile (seja celular ou tablet).

A agilidade com que a internet se movimenta, a quantidade de informações que as pessoas recebem diariamente, faz com que essas questões sejam fatos necessários, que estão batendo à porta de seu negócio, mesmo que você ainda não tenha consciência disso.

Por isso, a CADA ressalta a importância de manter seu negócio no ar, seu site atualizado e com todos esses pontos ditos acima em ordem, para que você não perca nenhum possível cliente de vista. Ou, neste caso, do Google.

E, se precisar de ajuda, você pode, sempre, contar com a gente. Estamos aqui para desenvolver uma solução para seu site, com foco nos melhores resultados para seu negócio.

A importância do cliente satisfeito

15 de setembro - Dia do Cliente | Importância de manter o cliente satisfeito

Todos nós sabemos que não há empresa sem cliente. Nem mesmo a lojinha da esquina funciona se não tiver aquele cliente fiel que bate ponto, nem que seja uma vez por mês. E, se essa situação vira rotina, boa parte dos méritos é dada ao ponto principal que qualquer empresa deve focar: satisfação do cliente.

Quando há uma satisfação, o cliente tem prazer em retornar, recomenda e faz questão de dizer o quanto vale a pena comprar daquela empresa. É uma matemática muito simples, sem erro. Há varias pesquisas que confirmam que entre 10 pessoas, um cliente fala mal para 5, enquanto para falar bem, mal chega a 2. Logo, para chegar a conta de 100% de satisfação, tem que ter muito esforço e preparação.

Obviamente, não é algo tão simples assim. Afinal, não é uma tarefa das mais fáceis agradar a todos. Pelo contrário, chega bem próximo da linha do impossível.

Mas é nisso que devemos pensar em cada dia. É preciso se dispor a resolver os problemas e necessidades dos clientes da melhor e mais prática maneira possível. E, por mais difícil e estranho que possa soar, nem sempre é afirmar que o cliente tem sempre razão. É garantir que o cliente esteja indo para o melhor caminho, mesmo que tenha que dizer alguns “nãos”, o ouvir lamentações, mas saber argumentar que determinada opção, pode não ser a melhor para o momento.

É um esforço diário, que deve ser feito com muito cuidado e carinho. Talvez, partindo da premissa principal: não faça com seus clientes o que não gostariam que fizessem com você. Só esse pequeno pensamento já pode trazer muita melhora no atendimento. Afinal, ninguém gosta de ser mal atendido, não é?

E, um bom atendimento é 50% (para alguns, até mais) de garantia de um cliente satisfeito. Alinhado com um produto/serviço de qualidade, é puro sucesso. Afinal, um cliente te procura procurando um produto ou serviço, então não tem como não focar nesse ponto, também.

E a que conclusão que chegamos com isso?

Mais do que ter um cliente satisfeito, você tem um cliente fiel, que, como dito acima, vai indicar sua empresa quando algum amigo pedir uma indicação, que voltará a comprar sempre que precisa de seus produtos ou serviços. E, dessa forma, todos saem ganhando: o cliente, satisfeito com o que foi oferecido, e você, satisfeito com mais uma venda realizada.

 

Texto por: Tânia Saad | Equipe CADA Comunicação
Contato: tania.saad@cadacomunicacao.com.br

Qual o papel das mídias na promoção da igualdade da mulher?

Dia Internacional da Igualdade da Mulher

O Dia Internacional da Igualdade da Mulher marca momentos importantes das mulheres na busca por condições de igualdade entre os gêneros, onde podemos citar como exemplo, principalmente a conquista de direitos na vida profissional e política.

Ao longo desse movimento, que começou há muito tempo, as mídias tiveram um papel importante para disseminar a cultura da igualdade entre gêneros e o combate à violência contra a mulher.

Há poucas décadas, as mulheres não tinham direito ao voto, nem acesso à educação formal, e o mercado de trabalho era resistente à presença feminina. Nosso lugar na sociedade era somente perante o casamento e a maternidade.

Isso sem citar a violência que, de todas as formas de discriminação sofridas pelas mulheres, é a mais agravante, ainda mais num país machista como o Brasil. Como exemplo de conquista, temos a Lei Maria da Penha que está em vigor há 11 anos no Brasil e, a cada dia mais, é utilizada pelas mulheres como forma de defesa e igualdade. Isso conforta a sociedade de maneira positiva, pois a cada nova geração há uma atuação muito melhor que a anterior e tudo o que se espera é que a próxima será ainda melhor do que essa.

Nos últimos tempos, através dos movimentos sociais e da disseminação da importância da Mulher através das mídias, temos experimentado o acesso progressivo à educação, ao mundo do trabalho, ao exercício político e o combate à violência.
As mulheres estão se preparando cada vez mais para o mercado de trabalho e ocupando mais espaços. Aliás, estudos comprovam que as mulheres investem mais em cursos de aprimoramento que os homens! Assim, a desigualdade que ainda está presente em nossa sociedade, vem diminuindo gradativamente.

Com o advento da internet, que globalizou e popularizou as informações, vimos que a causa da igualdade de gêneros deu uma boa avançada. Agora vemos nas diversas mídias sociais, debates e inúmeros grupos que defendem e apoiam os direitos das Mulheres. No mundo atual, tudo é exposto rapidamente.

Nós, da CADA Comunicação, consideramos essa data um momento para refletirmos e levantarmos a nossa “bandeira” contra a desigualdade de gênero! Nossa empresa foi fundada por mulheres que contam com duas sócias e equipe que apoia a luta pela igualdade de gênero e, principalmente, o respeito às mulheres.

E você, o que acha dessa causa? As mídias contribuem para disseminar a igualdade de gêneros?

Queremos ouvir a sua opinião.

A importância da fotografia em nosso mundo – 2 séculos de história!

Dia da Fotografia (19/08) - Você imagina uma vida sem fotografia?

Certamente a invenção da fotografia foi uma das mais importantes para a humanidade. Permitiu o poder de registrar para sempre momentos importantes ficariam guardados apenas na memória.

Fotografia também é arte, forma de expressão. No jornalismo comunica as notícias, nas revistas e livros mostra a personificação e ilustração do que está escrito, na área da publicidade e propaganda faz todo o trabalho de encantamento para a venda, sendo fundamental para compor um determinado material de divulgação.

Você imagina uma vida sem fotografia?

Sem registros da sua infância ou ainda da juventude dos seus pais? Sem os registros que assolam o mundo? Nossa história foi nos contada através de fotos, pensem nisso!

Os anúncios seriam meras figuras antiquadas… Televisão não existiria sem a fotografia, da mesma forma, que a internet poderia não sobreviver sem ela

Uma boa fotografia vale mais que um milhão de palavras… Viva ao dia mundial da fotografia – 19/08.

“Não fazemos uma foto apenas com uma câmara; ao ato de fotografar trazemos todos os livros que lemos, os filmes que vimos, a música que ouvimos, as pessoas que amamos” (Ansel Adams)

A era da TV tradicional está chegando ao fim?

Quem nasceu antes dos anos 2000, sabe que a TV era uma das principais fontes de entretenimento que existia. Você chegava da escola ou do trabalho e uma das primeiras coisas que fazia, era ligar aquele aparelho para assistir aos seus programas favoritos.

Agora, 17 anos depois, a situação mudou um pouco. Com a internet dominando o dia-a-dia, presente no bolso do usuário e com os serviços de streaming de vídeo e áudio bombando, a TV foi deixada um pouco de lado.

O consumo de serviços de streaming, como Netflix, aumentaram em mais de 50% nos últimos anos. O usuário não quer mais ficar atrelado a uma programação pré-estabelecida pelas grandes empresas televisivas. Ele quer ter a opção de assistir ao seu programa preferido quando e onde quiser. Vale lembrar também que boa parte do catálogo de produtos da Netflix, hoje, gira em torno de produções próprias, o que significa que ela virou uma nova TV, mas com a liberdade do usuário poder ver da forma como preferir.

Mas não só de Netflix vive o mercado brasileiro – e mundial – de streaming de vídeo. Muitas outras empresas estão chegando aos poucos e as próprias empresas da TV paga começam a explorar esse outro mercado. Como exemplo, podemos citar a HBO, que, recentemente, passou a oferecer assinatura de seu serviço de streaming (HBO Go) que dá acesso ao conteúdo exclusivo da emissora, inclusive para aqueles que não possuem a assinatura do canal na TV paga.

Houve uma redução considerável do consumo de TV nos últimos anos. Fora que hoje, a TV está disponível, literalmente, na palma da mão. Talvez não a mesma que você teve a oportunidade de ligar no final dos anos 90 ao chegar em casa, mas ela está lá. E está, também, no computador, no tablet, no vídeo game ultramoderno e até na Smart TV.

Com tudo isso, fica a pergunta: a era da TV tradicional está chegando ao fim? Ou será que ela vai se adaptar ao novo? Só nos resta aguardar!

Texto por: Tânia Saad | Equipe CADA Comunicação
Contato: tania.saad@cadacomunicacao.com.br

IAB Brasil reúne anunciantes para discutir o combate à fraude na publicidade digital

O Comitê de Combate à Fraude do IAB Brasil – Interactive Advertising Bureau, instituição que atua para estimular a evolução da publicidade digital no país, reuniu cerca de 30 anunciantes para discutir as boas práticas no combate à fraude na publicidade online e contribuir para o crescimento do investimento de forma consciente. A iniciativa integra as ações estratégicas do Comitê para ampliar o conhecimento do mercado sobre a importância da tomada de medidas de prevenção e de combate a esta situação.

Lucas Nicoliello, mídia da Renault do Brasil, destaca a importância de eventos do tipo: “Acredito que o Comitê de Combate à Fraude traz à tona um tema extremamente importante para os profissionais de publicidade. À medida que a tecnologia avança, abrem-se as portas para lobos em pele de cordeiro. A identificação de problemas como este é de suma importância para a otimização dos esforços dedicados ao meio digital, que deve ser tratado como prioridade por toda a indústria de marketing”.

O destaque do encontro foi a apresentação das boas práticas de combate à fraude, realizada por Páris Piedade Neto, presidente do Comitê de Combate à Fraude e diretor de plataformas tecnológicas da central Globo de mídias digitais, e Rafael Araújo, gerente de produto na Tempest Security Intelligence. Eles falaram a respeito dos principais tipos de fraudes, destacando os mais danosos, que são classificados como SIVT (sigla em inglês de “tráfego inválido sofisticado”). Fazem parte deste grupo situações de difícil identificação, como ad stuffing, em que os anúncios são intencionalmente escondidos, empilhados ou encobertos, com a intenção de inflar suas visualizações; e o uso de bots que infectam computadores e tentam simular o comportamento humano, por meio de requisições de anúncios, sem o controle do usuário.

Cris Camargo, diretora executiva do IAB Brasil também aborda a importância das trocas: “O IAB Brasil é um ambiente seguro e um Fórum de discussão que permite a troca de experiências para a indústria de publicidade digital. Anunciantes, agências e publishers encontram em nossos comitês, em especial no de Combate à Fraude, uma excelente fonte de orientação para a realização de campanhas seguras e bem-sucedidas”.

Os principais tipos de fraudes digitais e detalhes de como se proteger delas estão disponíveis no “Guia de Boas Práticas no Combate à Fraude”, elaborado pelo IAB Brasil, disponível para download que pode ser baixado gratuito neste link. Uma versão resumida do guia, em vídeo, pode ser vista neste link.

 

Fonte: Adnews

Página 1 de 212